Não use require, require_once, include ou include_once – Tutorial PHP

Quase todos os desenvolvedores usam essa maneira para lidar com arquivos externos. Seu script deve incluir vários arquivos no topo, como bibliotecas de classes, arquivos para funções utilitárias e auxiliares, etc.

require no PHP

Isso é bastante primitivo. Então, você precisa fazer isso de uma maneira diferente e o código precisa ser mais flexível. Escreva funções auxiliares para incluir coisas mais facilmente. Vamos dar um exemplo:

function include_class($class_name)
{
    //path to the class file
    $path = ROOT . '/include/' . $class_name . '.php');
    if(file_exists($path)) {
       require_once( $path );
    }
}
 
include_class('Configure');
include_class('Database');

Há muitas coisas que podem ser feitas com isso.

Dúvidas? Faça um comentário logo abaixo ou envie uma mensagem clicando aqui.

O seu endereço de e-mail não será publicado.