Como adicionar uma imagem a Biblioteca “media library” do WordPress

Tutorial ensinando a como adicionar uma imagem a Biblioteca “media library” do WordPress pelo PHP.

Você irá criar uma formulário HTML para enviar a imagem e um arquivo PHP que irá processar o arquivo e “inseri-lo” no WordPress.

Como adicionar uma imagem a Biblioteca "media library" do WordPress

Quando você carrega arquivos da área de administração do WordPress, eles aparecerão automaticamente em Media> Library. Mas e se você quiser criar um carregador de arquivos personalizado especialmente para os visitantes do seu site?

Passo 1. Como de costume, começamos com um Formulário HTML

<form action="<?php echo get_stylesheet_directory_uri() ?>/process_upload.php" method="post" enctype="multipart/form-data">
Your Photo: <input type="file" name="profilepicture" size="25" />
<input type="submit" name="submit" value="Submit" />
</form>

Observações importantes

Coloquei o arquivo PHP process_upload.php no diretório do tema, se você deseja movê-lo para o outro local, não se esqueça de fazer alterações na próxima parte do código na linha 4.

2). O formulário deve ter enctype = atributo “multipart / form-data”. Muitos esquecem disso.

Você também pode criar um código curto para este formulário, basta inserir isso no arquivo functions.php do que está sendo utilizado.

add_shortcode( 'misha_uploader', 'misha_uploader_callback' );
function misha_uploader_callback(){
return '<form action="' . get_stylesheet_directory_uri() . '/process_upload.php" method="post" enctype="multipart/form-data">
Your Photo: <input type="file" name="profilepicture" size="25" />
<input type="submit" name="submit" value="Submit" />
</form>';
}

Passo 2. Processe o arquivo carregado em PHP e adicione os metadados do arquivo ao banco de dados do WordPress

<?php
// WordPress environment
require( dirname(__FILE__) . '/../../../wp-load.php' );
$wordpress_upload_dir = wp_upload_dir();
// $wordpress_upload_dir['path'] is the full server path to wp-content/uploads/2017/05, for multisite works good as well
// $wordpress_upload_dir['url'] the absolute URL to the same folder, actually we do not need it, just to show the link to file
$i = 1; // number of tries when the file with the same name is already exists
$profilepicture = $_FILES['profilepicture'];
$new_file_path = $wordpress_upload_dir['path'] . '/' . $profilepicture['name'];
$new_file_mime = mime_content_type( $profilepicture['tmp_name'] );
if( empty( $profilepicture ) )
die( 'File is not selected.' );
if( $profilepicture['error'] )
die( $profilepicture['error'] );
if( $profilepicture['size'] > wp_max_upload_size() )
die( 'It is too large than expected.' );
if( !in_array( $new_file_mime, get_allowed_mime_types() ) )
die( 'WordPress doesn\'t allow this type of uploads.' );
while( file_exists( $new_file_path ) ) {
$i++;
$new_file_path = $wordpress_upload_dir['path'] . '/' . $i . '_' . $profilepicture['name'];
}
// looks like everything is OK
if( move_uploaded_file( $profilepicture['tmp_name'], $new_file_path ) ) {
$upload_id = wp_insert_attachment( array(
'guid'           => $new_file_path, 
'post_mime_type' => $new_file_mime,
'post_title'     => preg_replace( '/\.[^.]+$/', '', $profilepicture['name'] ),
'post_content'   => '',
'post_status'    => 'inherit'
), $new_file_path );
// wp_generate_attachment_metadata() won't work if you do not include this file
require_once( ABSPATH . 'wp-admin/includes/image.php' );
// Generate and save the attachment metas into the database
wp_update_attachment_metadata( $upload_id, wp_generate_attachment_metadata( $upload_id, $new_file_path ) );
// Show the uploaded file in browser
wp_redirect( $wordpress_upload_dir['url'] . '/' . basename( $new_file_path ) );
}

Conclusão de Como adicionar uma imagem a Biblioteca

Opcionalmente, podemos definir o terceiro parâmetro do wp_insert_attachment () como uma identificação de postagem principal e definir a imagem desta publicação com set_post_thumbnail ().

Evite fazer alterações ou novas implementações no ambiente de produção.

Faça uma cópia do seu Website WordPress em ambiente local e execute todos os testes necessários.

Não se esqueça de realizar um Backup completo dos arquivos e banco de dados.

Dúvidas? Faça um comentário logo abaixo ou envie uma mensagem clicando aqui.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *