Simples código fonte para busca com filtros no PHP

Modelo básico para iniciar o desenvolvimento de um sistema de busca com filtros no PHP.

Busca com filtros no PHP

Sistema de busca com filtros no PHP

Este é um exemplo básico de código para você iniciar o desenvolvimento de um sistema de busca com filtros no PHP.

Com varias dicas de funções para que você crie um código seguro, objetivo deste conteúdo é acadêmico.

Recebendo os dados via GET

Por que GET? $_GET é um array associativo de variáveis passadas para o script atual via o método HTTP GET.

Exemplo: https://rogertakemiya.com.br?nome=Roger

  • Variável: nome
  • Valor: Roger
  • Código php para exibir o valor: echo $_GET[‘nome’]

Já para tratar os valores enviados pelos campos utilizamos a função addslashes().

addslashes: Retorna uma string com barras invertidas antes de caracteres que precisam ser tratados para serem colocados em um query no banco de dados, etc. Estes caracteres são aspas simples (‘), aspas duplas (“), barra invertida (\) e NUL.

Vamos ao código, na primeira parte recebemos os valores via GET e criamos as validações necessárias

Para validar se os valores foram informados e enviados, utilizo a função is_null(), que verifica se uma variável é NULL “não foi definida”.

Em situações similares você também pode estar utilizando as funções empty() ou isset() para verificar o preenchimento dos valores.

empty: determina se uma variável é considerada vazia. Uma variável é considerada vazia se não existir ou seu valor é igual FALSE. A função empty() não gera um aviso se a variável não existir.

isset: irá verificar se a variável informada foi definida, possuí um valor, mesmo que vazio e irá retornar TRUE se sim ou FALSE caso contrário.

Banco de dados

Para conectar ao banco de dados utilizamos a extensão PDO, segue o exemplo:

PDO: A extensão PDO (PHP Data Objects) define uma interface leve e consistente para acessar diversos tipos de bancos de dados no PHP.

Agora preparamos a nossa Query “consulta” ao banco de dados.

Atenção: Repare na utilização do bindParam() para evitar ataques de SQL Injection.

A utilização da função bindParam é essencial.

bindParam: Vincula uma variável PHP a um correspondente marcador de ponto de interrogação ou nome de pergunta na instrução SQL que foi usada para preparar a declaração (ler mais).

 

 

Avalie este artigo!

Clique nas estrelas, para dar uma nota de 1 à 5.

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Nenhuma avaliação ainda)
Loading...

Dúvidas? Faça um comentário logo abaixo ou envie uma mensagem clicando aqui.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *