A indexação que prioriza dispositivos móveis está ativada (Mobile-first indexing)

Você deve ter recebido a seguinte mensagem:

Prezado usuário do Search Console,

Estamos atualizando uma ou mais das suas propriedades como parte da iniciativa de priorização para dispositivos móveis. Por isso, talvez apareça mais tráfego nos registros dessas propriedades no Googlebot para smartphones. Além disso, agora os snippets dos resultados da Pesquisa Google são gerados a partir da versão para dispositivos móveis do seu conteúdo.

As seguintes propriedades serão atualizadas…

O que é o Mobile-First Indexing?

Se você está lendo esse conteúdo, muito provavelmente, não sabe do que se trata o Mobile-First Indexing, embora o anúncio da implementação tenha sido feita no final de 2016.

E tem mais, ao que tudo indica, já faz alguns meses que ele já está funcionamento, mesmo que não esteja em sua versão definitiva.

Impressionante, não? A boa notícia é que ainda dá tempo de se preparar para essa nova realidade!

Não vamos mais perder tempo, venha descobrir o que é Mobile-First Indexing.

De forma bem básica, trata-se de uma nova maneira de indexação do Google. Onde os seus sites começarão a ser baseados em sua versão mobile para tal.

Como assim?

Pesquisas apontam que 77% das pesquisas feitas no Google partem de dispositivos móveis.

Óbvio, que a empresa está preocupada em oferecer uma melhor experiência ao usuário sempre. E dentro desse novo panorama, ela resolveu mudar a forma como realizava a indexação dos sites nos seus resultados.

Googlebot fará a indexação e a classificação usando a versão do seu site para esse tipo de dispositivo

Com a indexação que prioriza dispositivos móveis, o Googlebot fará a indexação e a classificação usando a versão do site para esse tipo de dispositivo.

Assim, será mais fácil para nossos usuários encontrarem o que procuram, já que a maioria deles navega com dispositivos móveis.

Os sistemas de rastreamento, indexação e classificação do Google usavam a versão para computador do conteúdo do site. Isso causava problemas nas pesquisas realizadas em dispositivos móveis quando as duas versões do conteúdo eram diferentes uma da outra.

Nossa análise indica que as versões do seu site para computador e para dispositivos móveis são semelhantes.

Avalie este artigo!

Clique nas estrelas, para dar uma nota de 1 à 5.

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Nenhuma avaliação ainda)
Loading...

Dúvidas? Faça um comentário logo abaixo ou envie uma mensagem clicando aqui.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *