GIT Magento 2 – Versionando o Projeto

As etapas abaixo descrevem como configurar o ambiente para desenvolvimento de módulo personalizado, não para produção.

Versionando o Projeto Magento 2

Inicialização do projeto

Adicione as credenciais do repo.magento.com e o token de acesso do github ao auth.json no diretório inicial do compositor

  • Crie o projeto usando o seguinte comando:
  • composer create-project –repository-url=https://repo.magento.com/magento/project-community-edition .
  • Pegue este .gitignore e coloque na raiz do seu projeto. Quase todos os arquivos/diretórios principais já foram adicionados ao root .gitignore, mas é melhor adicionar os seguintes 2 também /update e /phpserver (basta adicionar essas 2 linhas ao .gitignore)
  • Inicialize o novo repositório git na raiz do projeto
  • Adicione todos os arquivos não rastreados ao git e confirme-os
  • Comece o desenvolvimento de seus módulos como de costume (coloque-os em app/code/VendorName/ModuleName), agora você terá apenas seu código personalizado em seu repositório git

Instalação do Magento

  • Certifique-se de que todas as permissões do sistema de arquivos estejam definidas conforme descrito no guia oficial
  • Instale o Magento usando a linha de comando, por exemplo:
  • ${project_root}/bin/magento setup:install \ –db-host=localhost \ –db-name=magento \ –db-user=root \ –backend-frontname=admin \ –base-url= http://base.url.goes.here/ \ –language=en_US \ –timezone=America/Chicago \ –currency=USD \ –admin-lastname=Admin \ –admin-firstname=Admin \ – [email protected] \ –admin-user=admin \ –admin-password=123123q \ –cleanup-database \ –use-rewrites=1
  • Habilite o cron job dos indexadores, por exemplo no Ubuntu:
  • echo “* * * * * php ${project_root}/bin/magento cron:run &” | crontab -u www-data –
  • O Magento será executado no modo padrão e todo o conteúdo ausente será gerado automaticamente na primeira solicitação. Portanto, não há necessidade de executar o compilador ou implantação de conteúdo estático
  • [opcional] Se estiver usando PHP Storm, execute o seguinte comando para habilitar o suporte XSD:
  • bin/magento dev:urn-catalog:generate .idea/misc.xml

Como fazer a gestão do código no Magento 2

Realizando o deploy em produção

Etapas de configuração de front-end

  • excluir var/cache
  • excluir var/view_preprocessed
  • delete pub/static/* (não delete o .htaccess)
  • delete var/composer_home
  • execute php bin/magento cache:flush
  • execute php bin/magento setup:static-content:deploy %your_languages%
  • exclua todos os temas/idiomas que você não usa de pub/static/frontend
  • remover cópias impressas de menos arquivos do pub/static/frontend
  • execute php bin/magento dev:source-theme:deploy –locale=”%your_language%” –theme=”%your_theme%” css/styles-m css/styles-l css/email css/email-inline
  • opcional: usamos um script bash para alterar os links simbólicos absolutos, criados na etapa 9, em relativos, tornando possível executar grunt de fora da vm
  • execute grunt less:your_theme

etapas de back-end/di-configuração

  • excluir var/cache
  • excluir var/geração
  • delete var/composer_home
  • excluir var/di
  • execute php bin/magento cache:flush
  • execute php bin/magento setup:di:compile

 

 

Dúvidas? Faça um comentário logo abaixo ou envie uma mensagem clicando aqui.

O seu endereço de e-mail não será publicado.